Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 620

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 621

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 622

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 623

LivrosDEVOCIONAL SEMANAL
SEMANA 26/03—01/04

Igreja - A última voz profética

Texto: Jr 2:1-3

Introdução
Deus chamou Jeremias, que era de uma linhagem sacerdotal para ser profeta do reino do sul. Seu ministério tinha como objetivo fazer com que seus compatriotas se arrependessem dos seus pecados, e voltassem ao Senhor. Fazia também parte de seu ministério profético comunicar ao povo que caso não houvesse arrependimento, Deus permitiria que um povo vindo no norte os levasse cativos.
O sofrimento de Jeremias se dava por perceber que as pessoas estavam se desviando continuamente da presença do Senhor, e que na maioria das vezes não davam crédito a mensagem que ele profetizava em nome do Senhor. O profeta Jeremias foi perseguido e menosprezado, e tudo o que ele estava fazendo era viver e proclamar a vontade de Deus.
A partir da perspectiva neotestamentária, Deus levanta a Igreja - povo que vive e proclama Jesus Cristo - como a voz profética de Deus ao mundo. Uma das principais responsabilidades que os discípulos de Jesus Cristo têm em suas mãos é de serem proclamadores do Evangelho nos dias de hoje. Para isso, é preciso que haja coerência entre o que está sendo falado e vivido na prática. O profeta Jeremias não somente falava sobre Deus, mas vivia em Deus, com Deus e para Deus.

CONTEÚDO
Aspectos comuns entre o ministério do profeta Jeremias e o ministério da Igreja de Jesus Cristo

1)Assim como no caso do profeta Jeremias, a Igreja também foi formada para convencer os homens de seus pecados e se renderem a Jesus Cristo (Jr 1:5; 1 Pe 2:9-10). No caso do profeta citado, ele era especificamente a voz profética de Deus na Terra, já nos dias de hoje, o Senhor não fala especificamente somente através de uma pessoa, mas sim, através de todos aqueles que estão em Cristo Jesus, e consequentemente são cheios do Espírito Santo.

2) Jeremias teve medo diante de tamanha responsabilidade, pois era jovem e tinha que falar da Palavra do Senhor aos anciãos de Jerusalém (Jr 1:6-9). Deus o assistiu com a promessa de que estava com ele, e lhe daria poder para cumprir seu chamado. Assim também Deus reveste a Igreja com o poder do Espírito Santo (Mc 16:15-18; 2 Co 5:5) para ir adiante e propagar o Reino de Deus. Os desafios de proclamar o Evangelho são gigantes diante do homem, e somente podem ser superados se a Igreja estiver plena do Espírito Santo e com uma perspectiva sobrenatural dos fatos.

3) Jeremias comunicava uma mensagem de juízo e também de restauração. No entanto, por causa do período da história de Israel em que ele estava inserido, sua mensagem focava sobre o castigo e a condenação daquele povo devido os seus pecados. Aquele povo, que estava desviado de Deus, deveria ser derribado antes de Deus plantá-lo e edificá-lo de novo (Jr 1:10). A Igreja também prega arrependimento e quebrantamento, anunciando a remissão dos pecados em Cristo Jesus (Mt 3:2,3).

4) Jeremias era um jovem moderado, mas Deus colocou fortificou a sua personalidade, e assim o fez mais destemido e corajoso. O profeta fora avisado que haveria resistência a ele e a mensagem que profetizaria (Jr 1:18,19). A Igreja também foi avisada pelo Senhor de toda esta resistência contra os discípulos de Jesus e a mensagem de salvação do Evangelho (Mt 5:10-12;16:18.19).

Conclusão
A Palavra de Deus estabelece muitas responsabilidades a Igreja do Senhor Jesus, independente do tempo histórico em que ela esteja inserida. Estas responsabilidades não são exclusivamente a igreja quanto instituição, mas também a Igreja no sentido de pessoas que se renderam a Jesus Cristo e que tem em seus corações os parâmetros celestiais de vida.
A voz profética dos dias de hoje está em cada indivíduo que professa a fé em Jesus Cristo. Todo ser humano que se rende ao Senhor Jesus se torna, em certo sentido, um profeta de Deus. Mesmo não tendo um chamado específico de profeta (Ef 4:11), todo discípulo do Senhor, se torna ao ter uma vida de comunhão com Deus, apto pelo Espírito Santo a anunciar a verdade e a vontade de Deus.
Assim como no caso do profeta Jeremias, que profetizava algo da parte de Deus concernente a necessidade de arrependimento daquele povo, a Igreja do Senhor preconiza o arrependimento dos pecados como a forma mais coerente de conversão a Jesus Cristo. A voz profética de Deus anuncia o que as pessoas precisam ouvir para se aproximarem do Senhor Jesus, com respeito e educação - como o próprio Jesus Cristo sempre fez - , e não o que as pessoas querem ouvir para seu próprio deleite. É muito importante saber que ser uma voz profética celestial é permitir que Deus fale através dos lábio humanos, e não significa homens falando o que querem falar usando o nome de Deus.
Existem muitos sinais da volta iminente de Jesus Cristo para arrebatar a Sua Igreja, e neste dias, é fundamental que a mensagem do Evangelho - arrependimento de pecados e conversão exclusiva a Jesus Cristo - seja o cerne da voz da Igreja. Deus têm muitas bênçãos para derramar sobre o Seu povo, e a maior de todas elas o Senhor já nos deu: Jesus Cristo. Que a voz da Igreja, seja a voz de Jesus Cristo.

ESTUDO DA CÉLULA
SEMANA 26/03—01/04

QUEBRA-GELO: Como foi seu dia de hoje?


EXALTAÇÃO: À critério do líder.

EDIFICAÇÃO: Jr 2:1-3
Como a sua vida e as suas palavras são voz profética de Deus nos dias de hoje?

Baixe O estudo em PDF

devocional download