Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 620

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 621

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 622

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 623

LivrosDEVOCIONAL SEMANAL
SEMANA 23/04-29/04

A consciência do Corpo

Texto: 1 Co 12:26

Introdução
O Novo Testamento apresenta pelo menos sete ilustrações da Igreja. Cada ilustração realça um aspecto específico dela, mas uma das mais abrangentes é aquela que mostra a Igreja como o Corpo de Cristo, a plenitude d’Aquele que a tudo enche em todas as coisas.
A palavra “plenitude” significa expressão. Assim, a plenitude ou a expressão de Cristo é a Igreja. Assim como o nosso corpo é a nossa expressão, o Corpo de Cristo, a Igreja, é a Sua expressão e plenitude.
Entretanto, para que seja uma expressão apropriada, o Corpo precisa amadurecer. Uma criança pode ser perfeita, mas seu corpo não pode expressá-la em plenitude; para isso ela deve crescer. O Corpo precisa crescer e aperfeiçoar-se até que todo ele chegue “à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo” (Ef 4:12).
O Corpo de Cristo está relacionado à vida, é algo orgânico e vivo. Cada um de nós é uma parte desse Corpo onde circula a vida de Deus.
Ser membro do Corpo, e ter a consciência do que significa fazer do Corpo... Isso é muito forte!

CONTEÚDO
1.No Corpo todos os membros são imprescindíveis
Aquele que possui revelação do Corpo de Cristo reconhece a necessidade da comunhão. Nenhum membro do Corpo pode desempenhar as funções sem os outros membros. Não há cristão isolado. Vivemos no Corpo. Todos os membros estão no Corpo, e são imprescindíveis para o aperfeiçoamento dos demais.

2. No Corpo todo membro deve funcionar
Evidentemente cada membro possui a sua função. Cada pessoa é um membro do Corpo e por isso ninguém deveria ser apenas um expectador passivo em uma reunião. A passividade traz um grande prejuízo para o Corpo, pois priva os demais membros de serem edificados e abençoados.

3. No Corpo os membros se cuidam mutuamente
Os dons são dados aos membros não para competição ou demonstração de uma maior espiritualidade. O dom tem como objetivo cuidado mútuo. Quando temos a revelação do que é o Corpo somos cuidadosos com a nossa vida, pois sabemos que as nossas atitudes podem trazer dor e sofrimento para todo o Corpo de Cristo na igreja local.

4. No Corpo, os membros se submetem a autoridade
Todos os membros estão sujeitos à cabeça, Cristo. A mão não se submete diretamente à cabeça, mas ela o faz através do braço. Assim, a autoridade da cabeça flui através dos membros. Deus tem colocado membros que representam Cristo. Quem resiste a estes estará resistindo a Deus. Precisamos de olhos espirituais para ver que existe autoridade em nosso Corpo. Se não houvesse autoridade, todo o Corpo estaria em confusão.

Conclusão
O sangue simboliza a vida. A vida de Deus circulando entre nós opera o mesmo que o sangue opera em nosso corpo.
A Igreja é um corpo vivo. Nela, através das células, os vínculos de comunhão do Corpo são edificados. Esses vínculos são importantes, pois eles propiciam a circulação de vida. A Palavra de Deus diz que o sangue é vida; é um símbolo perfeito da vida do próprio Deus, pois o que o sangue faz em nosso corpo físico, a vida de Deus faz na Igreja— o Corpo de Cristo.
A comunhão retira as impurezas do nosso organismo. Do mesmo modo a vida de Deus, circulando entre os membros do corpo, expele todo tipo de impureza.
A comunhão não aceita os germes. Uma dos componentes do sangue são os leucócitos, ou glóbulos brancos, cuja função é promover a defesa do organismo. Em outras palavras, eles são agentes de defesa do corpo humano eles têm a propriedade de destruir os germes invasres.
Assim como os membros do corpo humano são supridos e alimentados pelo mesmo sangue que circula entre eles, a vida de Deus também supre e alimenta os membros do Corpo de Cristo em comunhão uns com os outros.
Quando estamos vinculados uns aos outros, somos supridos de energia e vigor espiritual. O poder de Deus é a Sua própria vida liberada através da comunhão.
Enfim, é o sangue que tem a propriedade de manter a temperatura do nosso corpo. Individualismo, definitivamente, é uma palavra que não combina com cristianismo, uma brasa sozinha logo se apaga.
O vinculo da unidade é a vida de Deus circulando entre os membros pelo Espírito Santo.

ESTUDO DA CÉLULA
SEMANA 23/04-29/04

QUEBRA-GELO: Qual o tipo de programação na TV você mais gosta de assistir?

EXALTAÇÃO: À critério do líder.
EDIFICAÇÃO: 1 Co 12:26
Diante da proposta dos membros do Corpo se cuidarem mutuamente (uns dos outros)... Você consegue abrir
seu coração na sua célula? Comente.

Devocional Adultos

Devicional Kids